Economia em recessão é sinônimo de retração na comercialização de jogos.

“Lá nos EUA”, “lá na Ásia”, “lá na Europa”…. é, podia ser lá, mas estamos no Brasil. Todo gamer que se preza já reclamou -e reclama (muito), dos altos preços praticados aqui em nosso país, principalmente quando falamos em mídia física. E para pânico geral a coisa piora DEMAIS, quando os pobres coitados são gamers […]

O (sub)desenvolvimento nacional de jogos, tributação e a sede Estatal pelo seu dinheiro

Já se perguntou porque mesmo o Brasil sendo um dos maiores consumidores mundiais do mercado de games (ocupando uma vaga entre 15 maiores do mundo, segundo pesquisa feita pelo instituto Newzoo, em 2014), nossa querida Pátria ainda tem preços elevados e ainda somos carentes de grandes estúdios de produção? Pois é, nós também. O País lidera […]