HÁ ESPAÇO PARA AS PERSONAGENS SECUNDÁRIAS? – Por Edemar Schnornberger

HÁ ESPAÇO PARA AS PERSONAGENS SECUNDÁRIAS?

Não serei repetitivo ao contar como foi a forma com que comecei a ler, como conseguia e como mantinha a duras penas minha coleção de Tex.

Quando somos jovens nossas mentes são um campo fértil de sonhos.
Sonhos estes que com o decorrer do tempo alguns são realizados e outros tantos (a grande maioria) deve ser revistos para que venham a ser alcançados.

Certamente, neste período infanto-juvenil, comigo não foi diferente.
Tive muitos sonhos, mas jamais o de ver uma pessoa “fantasiada” representando meu ídolo máximo.

Os anos passam rápido, muito rápido e tendem a se tornarem hiper rápidos.
Mesmo no avanço destas décadas minha imaginação continua fértil, talvez com outros sonhos, com outros objetivos em busca de outras metas.

Mas a certeza persiste: continuar com a leitura e o colecionismo de Tex.

Neste avançar alucinado do tempo, o mundo mudou: veio a globalização e o advento esplendoroso da internet – que nos conecta ao mundo em tempo real.

Mudaram-se as terminologias, o que antigamente era fantasia hoje é “cosplay”.
Já na fase adulta, diante de todos estes facilitadores, já tive a oportunidade de ver inúmeros “cosplays” do meu ídolo.

A nossa mentalidade (brasileira) é de que sempre só tem valor o primeiro – seja no quesito que for.
Considero isso como uma “falha monstruosa da nossa cultura”, pois os segundos (terceiros… e porque não os últimos) também tem seus papéis fundamentais no desenrolar dos fatos e principalmente nos resultados finais obtidos.

Diante deste ponto de vista e de uma oportunidade, que não poderia deixar passar, pensei em quebrar esse paradigma e lançar o cosplay de uma personagem secundária do mundo texiano: o Kit Carson dos Pampas.
Talvez tenha sido o primeiro em solo nacional (ou até mesmo internacional) que incorporou uma personagem secundária da saga de Tex.
Assim o fiz!

E para que isso fosse possível é imprescindível agradecer:

-> ao Jim Halley por ser o mentor e executor do cosplay;

-> ao Jessé Bicodepena (Presidente) e todos os integrantes do Fã Clube Tex e Zagor do Brasil por proporcionar-me a honra de ser o anfitrião do III Encontro Regional Sul e, assim, dar vida ao “Kit Carson dos Pampas”;

-> ao Ge Ge Carsan por transpirar 24 horas por dia seu entusiasmo contagiante em relação ao mundo texiano;

-> a todas as editoras que mantiveram nosso herói vivo em todas estas décadas;

-> ao José Carlos Francisco, presidente do Fã Clube Tex Portugal e administrador do “Tex Willer Blog”, pelo seu incansável trabalho de divulgação a nível mundial de tudo que é relacionado a Tex;

-> ao “forum stripovi com” (croata) por mais uma vez estar divulgando “minhas façanhas” e, agora, a de mais alguns colegas e seus respectivos cosplays (vide a matéria anexa a este post, clicando ); e

-> a todos os pards, lilyths e trappers que no decorrer destes anos tive o privilégio de conhecer e/ou trocar uma simples ideia.

Sendo assim, em resposta ao título deste post digo:
SIM, É POSSÍVEL FAZER COM QUE AS PERSONAGENS SECUNDÁRIAS TENHAM SEU VALOR RECONHECIDO.
Prova disso é que recentemente em Uruguaiana/RS, no IV Encontro Regional do Fã Clube Tex e Zagor do Brasil, na esteira do “Kit Carson dos Pampas”, surgiram a Lilyth (Brenda Schnornberger), o Red Cloud (Gilson Gasparotto) e a Jane Calamity (Joana Rosa Russo)…. além do já folclórico “Dylan Dog” (Marcelo Da Rosa Tajes).
Sendo assim…. que venham,e serão bem recebidos, outros cosplays de Kit Willer, Jack Tigre, Mefisto, Yama, Montales, Gros Jean, El Morisco, Pat, etc… etc….
Vida longa a Tex…. 70 anos serão poucos para todas suas proezas!

Compartilhe

One comment

  1. Marcelo da Rosa Tajes

    Muito boa a matèria e a justificativa do Pard Edemar>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *