Life is Strange e Alien: Isolation são os ‘vencedores’ da Develop Awards 2015

A Develop Awards, edição 2015, foi realizada entre os dias 14 e 16 de julho, no Hilton Brighton Metropole, em Brighton, Inglaterra.

Neste ano, a Conferência distribuiu mais de 20 prêmios em uma cerimônia que contou com mais de 150 empresa desenvolvedoras de grandes títulos e que tem equipes de peso no aprimoramento e criação de jogos. Alguns dos destaques do ano ficaram por conta de novos nomes como da Rockstar North (no quesito In-House Studio), Terra-média: Shadow of Mordor, da Monolith Productions (na categoria Creative Outsourcer – Visual & Development) e Unity Technologies – Unidade 5 (na categoria Engine).

alienAlien: Isolation, que vendeu mais de dois milhões de cópias, não ficou de fora: recebeu seis indicações ao BAFTA, e pegou três de seus prêmios nas categorias de Use of a Licence or IP, Audio Accomplishment e Creative Outsourcer. E também não para menos. O Jogo, totalmente inspirado no filme Alien (o primeiro de todos), traz um ambiente totalmente tenso, cheio de inconstâncias e pavor concentrado. Os desenvolvedores souberam aproveitar bem o suspense que volteia o gamer a todo instante, desde a trilha sonora com notas de horror até o ambiente sendo rompido por algo desconhecido e não humano. Para quem tem nervos de aço pode parecer clichê, mas o fato é que o game é muito mais do que apenas um survivor horror de ficção científica futurista: é uma história tão intensa que te transporta para o mundo de Ripley a ponto do jogador sentir emoções semelhantes a da personagem durante a trama.

LifeIsStrange-2-2-2015-8-27-28-PM-149Para quem duvidava do grande potencial de Life is Strange, por julga-lo um game parado e chato, terá uma surpresa: a série episódica em story-driven, da Dontnod Entertainment’s, lutou contra uma forte concorrência nas categorias de New Games IP – PC/Console e Use of Narrative, e mesmo assim se consolidou como vencedor nestes quesitos. Embora aja muita crítica de alguns desenvolvedores e principalmente gamers, o fato é que a o enredo te faz mergulhar no mundo de Max, uma das protagonistas mais interessantes deste tipo de jogo ao lado de Clementine, de The Walking Dead: Seasson Two

Life is Strange aborda constantemente o paradigma do “e se eu tivesse feito isso”, flutuando no tempo e espaço, medindo as consequências que cada ato do jogador pode ter no futuro. O jogo é divertido na medida em que não poupa referências nerds a filmes e séries de grande sucesso como Star Trek e Efeito Borboleta, sem contar nos dilemas constantes que a jovem enfrenta num ambiente novo de faculdade, próprios de sua idade. Com diálogos profundos que podem te levar a síncope, o jogo tece toda uma expectativa sobre o desenrolar da história que ainda está em seu quarto capítulo, lançado recentemente entre os dias 22 e 29 de julho.

A lista de ganhadores é longa e vale a pena conferir:

  • New Games IP — PC/Console: Life Is Strange
  • New Games IP — Mobile: Plunder Pirates
  • Use of a Licence or IP — Presented by Iconicfuture: Alien: Isolation
  • Visual Arts: Lumino City
  • Audio Accomplishment: Alien: Isolation
  • Use of Narrative: Life Is Strange
  • Technology Provider: Oculus VR
  • Design & Creativity Tool: SpeedTree for Games
  • Production Tool: Perforce
  • Engine: Unity 5
  • Services: Audiomotion
  • QA & Localisation: Testology
  • Creative Outsourcer — Visual & Development: Middle-earth: Shadow of Mordor
  • Creative Outsourcer — Audio: Alien: Isolation
  • Recruiter: Amiqus
  • Publishing Hero: Team 17
  • Micro Studio — Presented by Unity: Roll7
  • Independent Studio: Space Ape Games
  • In-House Studio: Rockstar North
  • New Studio: Starship
  • Development Legend: Tim and Chris Stamper

Esta matéria tem conteúdo parcial retirado do site HardCoreGamer. Para visualiza-la, clique aqui.

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *